Sapatos Bontrager Flatline para pedais de plataforma

POR: Tiago Rio
FOTOS: Tiago Rio

Desenvolvidos em parceria com Ryan Howard, piloto de Slopestyle da Trek, os Bontrager Flatline são o novo modelo de sapatos destinados para praticantes que utilizam pedais de plataforma. Com o seu aspecto moderno e descontraído, fornecem uma excelente combinação entre funcionalidade e estilo.

Os Flatline têm uma construção inteligente e pensada ao pormenor: a parte superior é em couro sintético com um tradicional sistema de fecho com atacadores permitindo um bom aconchego do pé. A sola é Vibram com dois compostos diferentes: uma zona central com um padrão uniforme de quadrados em borracha preta, para maximizar a tracção no pedal, e uma zona exterior com um padrão aos zigue-zagues em borracha castanha, que fornece maior tracção e aderência ao solo quando fora da bicicleta. 

Os sapatos são leves e frescos pelo que se tornam ideais para utilizar durante os meses mais quentes do ano, conseguindo também oferecer uma boa resistência à água, não ensopando com facilidade, o que permite a sua utilização mesmo durante o inverno.

Um pormenor muito prático é o laço em elástico que permite prender os atacadores para que não fiquem presos onde não é suposto.

Nos pedais a aderência dos Flatline é muito boa, transmitindo confiança para enfrentar todo o tipo de obstáculos, ainda assim permitindo reposicionar facilmente o pé no pedal. Factor fundamental para os praticantes de Slopestyle e Dirt Jump onde é importante a rapidez com que encaixam o pé no pedal após uma manobras.

As situações em que os testámos foram sobretudo de Trail com algum Enduro à mistura, utilização para a qual nos parecem igualmente adequados. Para uso em Enduro mais agressivo ou Downhill, sobretudo em trilhos muito técnicos ou enlameados, não têm a aderência bruta de outros modelos no mercado, que colam o sapato ao pedal, pelo que talvez não sejam a opção mais ajustada.

A rigidez da sola é muito equilibrada, fornecendo suporte adequado ao pé quando se pedala, mas permitindo sentir o feedback transmitido pelos pedais nas zonas técnicas. Existem zonas reforçadas para maior protecção, nomeadamente a zona dos dedos e do calcanhar, mas pelo facto de serem uns sapatos leves e respiráveis não são os mais robustos ou os que oferecem protecção máxima.

Fora da bicicleta têm um comportamento distinto dos tradicionais sapatos de BTT mais rígidos, com uma sensação mais aproximada à de um sapato de skate. A sola flexível permite um andar confortável, as palmilhas Ortholite e sola intermédia em EVA, absorvem os impactos e asseguram que essa sensação de conforto se prolongue por mais tempo. 

Existem duas versões de cor destinadas ao público masculino: sapato todo em preto, ou sapato vermelho com as partes superior e inferior em preto. São fornecidos com duas cores de atacadores diferentes: preto ou vermelho, para que possa fazer uma combinação mais criativa.

FICHA TÉCNICA

Prós: Confortáveis quer na bicicleta quer fora dela. Fácil ajuste da posição do pé no pedal.

Contras: Não são os sapatos com máxima aderência ou robustez para Downhill.

Preço: €119,99

Site do fabricante