Nova Epic Hardtail - Muda as Regras do Jogo

POR: Tiago Rio

As corridas de Cross-Country foram sempre uma batalha pela redução de peso, uma competição para ver quem fabricava a máquina mais leve. A Epic HT vira de pernas para o ar essa corrente clássica. Sim, estás a ver uma das MTB rígidas mais leves alguma vez fabricadas em série até à data. Mas a nova Epic HT é muito mais do que isso. É uma das bicicletas de XC mais competitivas e cómodas da história.

Boa a descer, capaz de enfrentar tudo, super cómoda, divertida... não são virtudes pródigas nas bicicletas das corridas de Elite de Cross-County, e muito menos nas bicicletas rígidas. Mas aqui está a chave: não vais subir ao pódio se estiveres a apertar os travões até à morte ou a sofrer a cada solavanco no trilho. A bicicleta mais rápida não é simplesmente a mais leve. É muito mais que isso, e aqui está a prova.

Ridiculamente capaz

Os percursos de Cross-country tornaram-se mais duros, por isso os engenheiros da Specialized fizeram a Epic HT mais capaz. Tudo começa com uma geometria totalmente nova. Indo buscar inspiração ao manual das bicicletas de trail Specialized, abriram o ângulo da direção para 68,5 graus, reduziram o offset da suspensão dianteira, aumentaram o alcance e optaram por avanços mais curtos (60-75 milímetros) em todos os tamanhos de quadro. O resultado final? A Epic HT mantém uma distância entre eixos curta para um comportamento ágil, e mesmo assim oferece uma direção previsível e uma posição de condução mais centrada para um maior controlo.

Aumentaram o espaço para os pneus, permitindo-te tirar total proveito de pneus de maior volume nas pistas mais exigentes. E enquanto o faziam, equiparam a bicicleta com um espigão de selim de 30,9 milímetros, o que te dá a opção de utilizar um espigão telescópico de maior curso, para ainda mais manobrabilidade e controlo nas secções técnicas.

Afinada para conforto. Afinada para velocidade

Tu cansado não és rápido. Isso é um facto simples, e mesmo assim a história está cheia de bicicletas de XC ultraleves e ultra ásperas. A marca californiana afinou a aplicação de compósitos e formas de tubos para fazer a nova Epic HT mais indulgente… e ainda mais rápida. Escoras de menor diâmetro, por exemplo, aumentam a complacência vertical. O mesmo para o novo design arqueado de tubo de selim, que oferece tanta complacência vertical como os anteriores tubos de selim de menor diâmetro, e, no entanto, joga na perfeição com todos os tipos de espigões telescópicos.

Simples, fiável, e imensamente radical

Há uma razão que faz com que as pessoas não vão ao supermercado de Ferrari. Máquinas sofisticadas, nascidas para a competição têm uma reputação de ser inconstantes, sensíveis e, francamente, uma dor de cabeça de possuir e operar. Vamos chamar a tudo isto treta.

A Epic HT é um foguete de competição, de calibre Taça do Mundo, que também é livre de problemas. Não existem peças ou elementos proprietários a atrapalhar. E sim, tem também um eixo pedaleiro de rosca. Testada, durável e totalmente radical.

Incrivelmente leve

A Epic HT fixa um novo padrão em capacidade e conforto, e faz tudo isto enquanto também é o quadro de produção mais leve do mundo. Otimizámos cada centímetro deste quadro, afinando ao detalhe a mistura de fibra e resina, bem como moldando cada camada de forma personalizada para eliminar sobreposições desnecessárias. Inclusivamente, fomos ao pormenor de eliminar as inserções em alumínio nos dropouts traseiros. O resultado? Um quadro notável que acusa meros 790 gramas na balança.