A nova Enduro é a reinvenção total da bicicleta que criou esta categoria.

POR: Tiago Rio

Estás a olhar para uma bicicleta que arruma com as descidas mais duras, naquela que deveria ser uma velocidade arrepiante - com total calma. É uma máquina totalmente radical. Novo chassis, nova disposição da suspensão, nova geometria, e mais curso. Mais ao que interessa, esta nova Enduro é rápida. É rápida a descer. Rápida a subir. É rápida, rápida como... bem, tu percebes a ideia.

Menos ressaltos. Mais velocidade.

Se velocidade é o teu objetivo, ressaltos de arestas quadradas são o teu inimigo. Eles fazem com que a tua roda traseira prenda momentaneamente no impacto, o que sentes como um puxão repentino nos pedais. O impacto que a tua suspensão deveria estar a absorver é em vez disso transferido para ti e para o quadro. Tu acabas mais cansado e muito menos rápido.

Inspirando-nos na nova Demo, movemos o pivot principal da Enduro para a frente e elevámos o centro instantâneo da bicicleta, oque minimiza os puxões da roda traseira ao oferecer à bicicletaum movimento do eixo mais recuado nas etapas chave do curso da roda. A energia do impacto é transferida para a suspensão, ondepertence, em vez de para ti. Voilá, acabaste de ficar mais rápido.

Suspensão mais suave de início ao fim

A Specialized quis aumentar a sensibilidade tanto nos pequenos ressaltos, como na outra ponta do espectro do curso, melhorando a performance da bicicleta nos maiores ressaltos. Numa outra grande homenagem à nova Demo, afinaram a curva de alavancagem, aumentando a progressividade. Essa mudança torna a Enduro mais suave no início do seu curso. A progressividade extra também dá à Enduro uma boa rampa no fim do curso, para que não rebentes no teu curso quando ficas demasiado curto ou bates em algo massivo. 

Suspensão suave, mais controlada de início ao fim.

Cada pedalada conta

A Enduro ripa — não apenas quando estás a lavrar por terreno pesado com os teus pés fixos às 3 e 9 horas, mas também quando é chegada a hora de dar gás e pedalar na curva ou sprintar numa zona plana. Isso é mais fácil dizer do que fazer—em particular quando falamos de um chassis com quase tanto curso quanto uma bicicleta de downhill.

O novo design da Enduro eleva o centro instantâneo da bicicleta que, por sua vez, aumenta o valor de anti-squat em 40% (sobre a anterior Enduro). Este aumento em anti-squat traz um nível mais elevado de eficiência da pedalada à Enduro—mesmo na sua mais recente forma longo curso. Mais ainda, o novo design da Enduro mantém um grau mais consistente de anti-squat (e eficiência na pedalada) independentemente da mudança em que estejas ou onde estejas no curso. Ou, para ser menos nerd, tu carregas nos pedais e a nova Enduro mexe-se muito mais depressa do que qualquer outra bicicleta com tanta suspensão.

Rebaixada + Estável = Rápida

Baixo é rápido. Isto é, um centro de gravidade mais baixo torna-te mais estável a alta velocidade. A nova ligação da Enduro posiciona a massa do amortecedor tão baixa e centrada no quadro quanto possível, dando à bicicleta um comportamento incrivelmente plantado e confiante.

Suspensão Rx Tune

Em vez de escolher entre um punhado de opções padrão de afinação de amortecedor, a equipa de afinação de suspensões da Specialized desenvolve afinações personalizadas, perfeitamente emparelhadas com a cinemática de cada bicicleta. Chamam a isso Rx Tune e embora não seja a forma mais fácil de construir a suspensão de uma bicicleta, vale a pena. Tu sentes o Rx Tune como uma suspensão perfeitamente equilibrada. Mais controlo da afinação da tua suspensão dá-te mais controlo no trilho.

Rigidez equilibrada do quadro

Não se propuzeram a fazer a bicicleta mais rígida quanto possível—essa bicicleta teria um péssimo comportamento, capaz de partir dentes. O objetivo não é a rigidez máxima, é a rigidez equilibrada. Se a dianteira é demasiado flexível, a bicicleta guia mal. Se a traseira é demasiado rígida, não acompanha bem nas curvas e vai dar-te porrada nas descidas técnicas—não interessa quanta suspensão tens.

Afinámos o chassis em carbono da Enduro para oferecer o equilíbrio certo de rigidez, à frente e atrás. Chegámos até a criar esquemas de carbono Rider-First™ únicos para cada tamanho de quadro, para que cada Enduro ofereça a mesma qualidade brilhante de comportamento, quer seja a diminuta S2 ou a gigante S5. O resultado final? Nós alcançámos o ponto certo com uma frente precisa e uma traseira que segue de forma suave e correta.

A Velocidade começa no ajuste

Quando as pessoas ainda pensavam que as rodas de 29’’ tornavam as bicicletas de curso longo piores, a marca californiana apresentou a primeira Enduro —a bicicleta que provou errada a sabedoria convencional. Muito disso resumia-se a acertar na geometria. A nova Enduro leva esse conceito muito mais além.

Deram à Enduro o tratamento longo, rebaixado e relaxado, para lhe dar um sentimento mais centrado e equilibrado, melhorando o teu controlo nas descidas mais íngremes e com velocidade. E enquanto o fazíam, aumentaram o ângulo do espigão de selim para melhorar a posição a pedalar, e encurtaram o tubo de selim para dar espaço a espigões telescópicos longos. O resultado é uma bicicleta previsível, que te salva quando exageras.

Por último, trouxeram o Tamanho Específico ao Estilo à nova Enduro, permitindo-te escolher o quadro com base no teu estilo, em vez de a tua altura entre pernas. Queres uma distância entre eixos mais curta e divertida? Tamanho abaixo. Queres mais estabilidade com velocidade? Tamanho acima.

Rodas grandes, velocidade grande

Rodas maiores mantêm melhor o momentum que rodas pequenas—em particular sobre terreno técnico. Mais momentum, por seu lado, é igual a mais velocidade. É por isso que a nova Enduro rola exclusivamente em rodas de 29’’. A Enduro casa 170 milímetros de suspensão com rodas maiores, num pacote que é loucamente rápido.