O totalmente novo S-Works Evade

POR: Tiago Rio

Os capacetes há muito que são perseguidos por uma regra tácita: baixo peso, ventilação, aerodinâmica – escolhe duas características, e terás o teu capacete. A primeira versão do capacete Specialized Evade era totalmente focada da velocidade, mas após uma cuidadosa análise a Specialized acabou por admitir que era um pouco quente. Inúmeras horas de túnel de vento e numerosas iterações com um objetivo: tornar um dos capacetes de estrada mais rápidos do mundo ainda mais rápido e fresco. A marca californiana considera o totalmente novo Evade um capacete aero para usar todos os dias.

Quebra-cabeças de testes aero

Um capacete veloz é a soma das suas partes, por isso faz sentido testar cada uma individualmente, certo? Ter o seu próprio túnel de vento permite à Specialized desenvolver os seus produtos com a aerodinâmica na vanguarda do design, em vez de apenas os testar aí. Com isto, analisaram cuidadosamente todos os aspetos da performance do capacete no Win Tunnel e, com testes no mundo real, asseguraram-se que não deixavam nada ao acaso na demanda da performance. Isto representa um capacete que tem incontáveis horas de teste e anos de desenvolvimento, e de forma derradeira, é o somatório para o capacete de estrada mais rápido que alguma vez a marca testou.

Cortar o capacete em múltiplos bocados permitiu testar cada peça do capacete individualmente, de forma a determinar que ventilações e formas eram as mais rápidas. Juntando-as na cabeça temos um dos capacetes de estrada mais rápidos do mundo.

Nós não só subtraíram gramas ao arrasto, mas fizeram-no sem sacrificar a segurança. Mudaram a construção de modo a favorecer o Energy Optimized Multi-Density EPS, que otimiza os tipos de espuma em diferentes locais. No que diz respeito à ventilação, livre fluxo de ar através do capacete não só o torna mais fresco, como também diminui o arrasto aerodinâmico. Indo de mão dada com isto, ventilação e forma aerodinâmica ambas otimizadas em conjunto no Win Tunnel, resultam numa óptima combinação de aerodinâmica e ventilação. As ventilações exteriores e canais interiores foram cuidadosamente considerados de forma a ter a certeza que o capacete atrai o máximo de volume de ar para uma refrigeração extrema.

Graças a este trabalho, o Evade poupa 50 segundos em 40 km quando comparado com um tradicional capacete de estrada e cerca de seis segundos face à anterior geração do Evade. Isto significa que não só é tão fresco quanto uma cabeça desprotegida, mas também tão rápido.

Testes térmicos exclusivos

Testar termicamente capacetes é uma magia negra, por isso em vez de confiarem num feiticeiro estranho a trabalhar no Win Tunnel, desenvolveram o seu próprio protocolo de testes. Será que queimaram algumas almofadas de capacetes em nome da ciência? Certamente. Será que aprenderam ainda mais acerca de refrigeração em capacetes? Apostamos que sim. A Specialized orgulha-se de afirmar que o novo Evade é tão ou mais fresco que não usar capacete. Sim, leste bem. Não existe mais nenhuma razão para não ir aero em todas as voltas.

Mais do que a velocidade

Por último, mas certamente não menos importante, um capacete rápido é inútil a não ser que sirva corretamente. No que toca ao conforto, foram ouvidas as opiniões dos utilizadores e agora o Evade tem um desenho mais curto e compacto, e todas as características que seriam de esperar de um capacete topo de gama, como o sistema Mindset HairPort 2 com microajuste, suaves fitas que não esticam e uma nova almofada da sobrancelha Gutter Action, para a gestão de suor longe dos teus olhos.

O capacete S-Works Evade tem um preço de comercialização de 253,50€. Mais informações aqui.