Emily Batty, a estrela canadiana do XCO, chega à Canyon

POR: Tiago Rio

Tem apenas 32 anos, mas a estrela canadiana do cross-country Emily Batty já é uma das figuras mais importantes do desporto. O seu currículo fala por si, com vitórias no Campeonato Nacional Canadiano, dois terceiros lugares na Taça do Mundo e duas medalhas de bronze no Campeonato Mundial. Além disso, por meio de seu trabalho de fundação, o Emily Batty Project, que apoia jovens corredores, tornou-se um exemplo a seguir além do mundo das corridas.

Portanto, é uma honra e um prazer para a Canyon receber Emily na família. Além do seu impressionante histórico repleto de sucessos, Emily chega à Canyon pronta para levar a sua carreira desportiva para o próximo nível. "A temporada de 2020 foi imprevisível... e eu não queria desperdiçar as minhas habilidades físicas e mentais em corridas que não sabia se iriam celebrar-se. Embora o meu desempenho pudesse ter sido muito melhor, sinto que 2021 será o meu ano, estou mais descansada, motivada e sedenta por títulos do que a maioria dos meus rivais. Tenho grandes objetivos: as Olimpíadas, o Campeonato Mundial e a Taça do Mundo, este ano quero tudo”.

Para Armin Landgraf, CEO da Canyon, “Emily é uma adição fantástica à família Canyon, pela sua habilidade com a bicicleta e pela sua personalidade. Estou convencido de que graças à sua grande experiência não só se destacará nas competições, como também nos dará boas ideias para o desenvolvimento de novas bicicletas”. Emily também está entusiasmada com isto, "as minhas novas bicicletas Canyon são fantásticas, tanto a Lux como a Exceed são modelos muito equilibrados com que consigo abusar sem perder a roda dianteira. A Canyon está ansiosa por ouvir as minhas ideias, sinto que finalmente tenho voz no desenvolvimento de novos produtos".

Emily já está familiarizada com as suas novas bicicletas Canyon, e destaca as características que tornam a Lux e a Exceed tão fortes: “A resposta da maioria dos fabricantes de bicicletas de corrida XC modernas foi relaxar o ângulo do tubo frontal, alongar o tubo superior e fazer um triângulo traseiro mais curto, mas projetar uma boa bicicleta não é tão fácil. A Canyon fez um trabalho impressionante ao pensar em cada detalhe para aumentar o desempenho das suas bicicletas de corrida XC".

No entanto, como explica Emily, a sua contratação pela Canyon não se deve apenas a motivações desportivas: "Era hora de fazer mudanças, aprendi que é preciso muito mais do que material e infraestrutura para progredir neste desporto. A primeira vez que visitei a sede da Canyon, Roman Arnold convidou-me para almoçar na sua casa com a sua família. Sinto-me bem-vinda e conectada aos valores da marca. Todos estão ao meu lado, com as suas inovações e visão de futuro. Quando os conheces pessoalmente, descobres a sua cultura empresarial e percebes que são tão bons quanto parecem."

O fundador da Canyon, Roman Arnold, também partilha o otimismo de Emily: "Eu acompanho a carreira da Emily há muito tempo, a Canyon está ativamente envolvida no ambiente profissional das corridas de cross-country olímpicas há anos. Estou muito feliz que Emily tenha depositado a sua confiança em nós e estou certo de que será capaz de continuar a desenvolver o seu grande potencial com a sua nova equipa."

Em breve serão disponibilizados mais detalhes sobre o cronograma de corridas de Emily Batty e a formação da equipa Canyon para 2021.