Um capacete que pede ajuda em caso de acidente

POR: Tiago Rio

Até agora, os capacetes apenas adicionavam proteção em caso de queda. Mas com a chegada tanto do MIPS como do inovador sensor ANGi (Angular and G-Force indicator ou indicador de Forças-G e Angulares), agora os capacetes Specialized adicionam proteção antes, durante e depois do acidente. Isto é a transformação do capacete moderno num localizador do ciclista, detetor de acidente e sinalizador de alerta que te liga à ajuda quando mais precisas.

Quem estará lá para mim?

O Chris Zenthoefer estava no trabalho quando recebeu uma chamada do médico.

“Você conhece o Alex Welch?”
“Sim. Mas porquê?”

Porque era o amigo e colega de Chris, Alex, que estava inconsciente em cima do capot de um carro que não parara num cruzamento. E a voz no outro lado da linha? Era na verdade o médico que havia recolhido o telemóvel de Alex da cena do acidente, e que tinha visto que a última chamada tinha sido para o Chris.

O Chris fez o que qualquer amigo faria. Chamou a família do Alex e contou-lhes o que se tinha passado, antes de ir a correr para o hospital. Ajudou, e felizmente, o Alex recuperou. Mas aquele acidente fez Zenthoefer pensar, “E se tivesse acontecido a mim? Quem estará lá para mim se eu cair quando estiver a pedalar sozinho?”

Esta questão colocou-o numa missão de design inovador, que o levou ao ANGi – uma tecnologia que te conecta à ajuda quando mais precisas.

O que é o ANGi?

ANGi é um sensor montado no capacete, patenteado, com um acelerómetro e giroscópio no interior. Sim, é muito para se dizer, mas posto de forma mais simples, o ANGi tem um sensor inovador que mede as forças transmitidas ao teu capacete durante o impacto. Também mede movimentos rotacionais prejudiciais que ocorrem durante as quedas, mesmo quando não existe impacto com o capacete.

A começar em 2019, todos os capacetes Specialized serão equipados com ANGi, ou apresentarão um ponto de fixação pronto para ANGi. Os sensores ANGi de reposição, também estarão disponíveis nos Distribuidores Autorizados Specialized.

Como funciona o ANGi?

Usar o ANGi é simples. Basta emparelhar o sensor com um Smartphone equipado com a aplicação Specialized Ride, e aproveitar uma subscrição gratuita de um ano, incluída com a compra de qualquer capacete Specialized equipado com ANGi ou com o sensor ANGi de reposição.

Durante a tua volta, o sensor ANGi irá detetar o tipo de forças normalmente associadas a uma queda. Se essas forças forem detetadas, o sensor irá conectar-se à aplicação Ride no teu telemóvel, soar um alarme, e iniciar uma contagem decrescente. Se estiveres OK, apenas cancelas a contagem decrescente e continuas a pedalar. Mas, se estiveres ferido e incapaz de cancelar a contagem, a aplicação Ride irá enviar uma mensagem de alerta para os teus contactos de emergência dizendolhes que provavelmente estiveste envolvido num acidente.

Para além de notificar os teus contactos de que provavelmente tiveste um acidente, o ANGi e a aplicação Ride irão enviar a tua localização, via coordenadas de GPS, para todos os contactos que gravaste na aplicação Ride.

O ANGi também te permite partilhar os teus planos, antes de saíres para a volta. Podes inclusive escolher partilhar com os teus contactos o link para a tua localização, para que eles consigam seguir-te em tempo real.

E já que o ANGi comunica através do teu operador de telemóvel, e precisa de sinal a todas as alturas para uma completa funcionalidade, poderás perguntar o que é que acontece se a tua volta te levar para fora da cobertura de antenas? Neste caso, o ANGi é capaz de monitorizar a tua segurança de uma outra forma.

Basta fixar o tempo estimado da tua volta antes de saíres. Tudo o que precisas é um sinal de dados ativo quando começas a sessão. Se não completares a volta dentro do tempo estabelecido, o ANGi enviará uma notificação aos teus contactos com a tua última localização conhecida. Isto acontecerá independentemente de teres cobertura de telemóvel ou não.

Que capacetes têm ANGi?

Vários modelos de capacetes Specialized de Estrada, Montanha e de Criança vêm agora equipados com sensor ANGi fixos ao sistema de retenção. Estes capacetes incluem:

Estrada: S-Works Evade II, S-Works Prevail II, e Propero

Montanha: Ambush, Ambush Comp, Ambush E-Bike, e Dissident

Criança: Shuffle Youth Led com Mips Angi (disponível em Fevereiro)

Todos os outros capacetes Specialized de 2019 são “ANGi-ready” e apresentam um apoio especificamente desenhado para tornar fácil e rápida a fixação do sensor ANGi de reposição.