Canyon cria uma edição especial da Ultimate CF SLX para o campeonato mundial

POR: Tiago Rio

É a coroação de uma carreira incomparável. Desde 2003, a lenda da Movistar Team, Alejandro Valverde, colecionou etapas e vitórias gerales nas maiores corridas do ciclismo, das clássicas até aos Grand Tours. Mais de 170 primeiras posições são a base de um impressionante palmarés do espanhol de 38 anos, que afinal atingiu a camisola arco-íris do Campeonato do Mundo pela sua primeira vez em Innsbruck este ano. Com a vitória geral na Vuelta a España 2009, um total de 16 etapas ganhadas no Giro D'Italia (1), a Vuelta (11) e o Tour de France (4), duas medalhas de prata (2003, 2005) e quatro de bronze (2006, 2012, 2013), 2014) no Campeonato do Mundo de Estrada, também as vitórias em Liège-Bastogne-Liège (2006, 2008, 2015, 2017) e a Flèche Wallonne (2006, 2014, 2015, 2016, 2017), "Bala" reclamou o seu lugar nas Olimpíadas como um dos grandes ciclistas de todos os tempos com esta medalha.

Pedalando na Canyon Ultimate, Alejandro Valverde escolheu uma bicicleta cuja lista de galardões não é menos impressionante do que o seu Campeonato do Mundo. Em Innsbruck, na corrida mais longa do Campeonato do Mundo até agora, a Ultimate atravessou a linha de meta na mesma posição em que algumas semanas antes Nairo Quintana venceu a etapa 17 do Tour de France. Em só 65 quilómetros, a etapa foi a mais curta nos últimos anos, mas com este final 2000 m sobre o nível do mar e com duas montanhas classificadas como “Category 1’ e uma como ‘HC’ no caminho, foi uma das mais duras na história do Tour.

A Ultimate é uma das bicicletas mais versáteis no pelotão profissional e uma das mais bem-sucedidas. Desde a sua primeira corrida profissional com a Team Unibet em 2007, a Ultimate chegou a 200 primeiras posições. Aí tens a vitória de Philippe Gilbert na etapa 20 do Giro D'Italia 2009 para a Silence Lotto, a forte temporada de André Greipel em 2011 para a Omega Pharma Lotto com uma vitória no Tour de France, o domínio de Nairo Quintana no Giro D'Italia 2014 (Movistar Team), a vitória de Alexander Kristoff na Milan-San Remo esse mesmo ano, ou novamente Nairo Quintana com o seu pódio na Vuelta a España 2016 e Tirreno-Adriatico 2017. Os sucessos da Ultimate falam por si próprios.

Para demonstrar como a Canyon valoriza o desempenho excecional de Alejandro Valverde e a Ultimate, "Bala" começará a última corrida da UCI WorldTour numa edição de Campeão do Mundo 2018 da Ultimate. Terminamos três edições especiais da Ultimate CF SLX para a "Il Lombardia", assim o novo Campeão do Mundo poderá adicionar outro título ao seu palmarés e ao da sua bicicleta de confiança.